Criação de Aterro Sanitário é discutido na Reunião desta terça-feira

por Administrador publicado 27/02/2018 15h00, última modificação 05/03/2018 15h00
No pequeno expediente, fez uso da palavra o primeiro orador inscrito, Sr. Vereador Josivaldo Alves, discorrendo sobre a indicação que solicita a retirada de lanchonete localizada na calçada do Leite Neto, devido a localização da mesma alunos da escola mencionada correm o risco de sofrer acidentes ao atravessar a rua devido a má localização da mesma. Em relação a outra indicação, a qual solicita o calçamento do Povoado Fazenda Grande, ressaltou que a comunidade mencionada também merece atenção por parte do Poder Executivo.

5.jpg

Em seguida, fez uso da palavra o segundo orador inscrito. Sr. Vereador José Jenilson, comentando sobre a votação de projeto na última sessão, informando que foi questionado em sessão se a população da região na qual será feito o aterro estava consciente do disposto no projeto de lei, foi informado que o líder do prefeito, juntamente com os demais amigos afirmaram que estava tudo “ok” em relação ao aterro, também foi informado que houve a liberação dos órgãos competentes e que geraria emprego e renda para a população. Ressaltou que há a necessidade de retirada do lixo. Informou que um cidadão reclamou da falta de consulta à população acerca da realização do aterro, informou ao mesmo que questionou o Vereador Gildásio se o povo era a favor, o vereador Gildásio informou que a população do Treze. Também afirmou que foi informado que a área a ser realizada o aterro é uma área e que inclusive no local há uma nascente do Rio Piauitinga. Sugeriu que os projetos de lei não seja votado de qualquer maneira para que consequentemente os parlamentares não sejam desqualificado pela população. Finalizando a sua fala, informou que os funcionários da casa estão prestes a paralisar as atividades em virtude da falta de compromisso do presidente para com eles.

Em seguida, fez uso da palavra o segundo orador inscrito, Sr. Vereador Fábio Frank, parabenizando o Sr. Vereador Washington da Cruz pela passagem do seu aniversário. Em seguida, comentou sobre a evasão de alunos nas escolas públicas no estado de Sergipe, ocasionando queda de repasse do governo Federal, porém no município de lagarto houve o crescimento muito grande dando condição para que o Executivo traga as suas propostas e assuma seus compromissos em dias. Em fala pessoal, o Sr. Vereador Josivan Rodrigues parabenizou o Sr. Vereador Washington da Cruz pela passagem do seu aniversário.

No grande expediente, fez uso da palavra da palavra o primeiro orador inscrito, o Sr. Vereador José Jenilson afirmando que soube da informação de que o Prefeito tem até 24h para retirar os vendedores e que estes exercerão as suas funções na exposição até que o mercado, que está em reforma, esteja com as condições para comportar os comerciantes. Posteriormente, comentou sobre dificuldade passadas pelos feirantes que estão no mercado municipal, sugeriu que seja analizada a questão atual do mercado municipal para que depois seja votado projeto de lei referente à feira nos bairros. Posteriormente comentou sobre o projeto de lei referente ao aterro sanitário, informando que o mesmo é prejudicial tendo em vista que no local há uma nascente do rio Piauitinga. À parte, o Sr. Vereador Fábio Frank informou que o Prefeito tem o objetivo de solucionar a situação dos feirantes no município informando que a justiça determinou o prazo de 24 h para a retirada dos feirantes que estão de fora do mercado, parabenizou o Sr. Vereador José Jenilson pelo debate. Em relação o Projeto de lei referente a feira nos bairros de autoria do Vereador Ibraim informou que o mesmo é uma válvula de escape e que o mesmo votará a favor da aprovação do projeto.

À parte, o Sr. Vereador Josivaldo Alves informou ao promotor que serão retiradas os vendedores que vendem fora do mercado municipal cujos produtos comercializados sejam os mesmo de dentro do mercado, não sendo os mesmos produtos vendidos no interior do mercado apenas não permite que as vias sejam impedidas.

4.jpg

O Sr. Vereador Ibraim Monteiro reiterando as palavra do Sr. Fábio Frank informou que o projeto  seria uma válvula de escape para aqueles que não tem condições de estar no interior do mercado, informou que retirará de pauta e que será feita uma emenda para que a realização das feiras nos bairros não coincida com os três dias de feira do município. Informou que a retirada dos feirantes de fora do Mercado é uma determinação judicial. À parte, o Sr. Vereador Josivan Rodrigues informou que sua preocupação é que o projeto não seja aprovado, pois o mercado do treze já foi interditados, o mesmo informou que tem o receio de que não tenha uma legislação para amparar a realização das feiras nos bairros. Em relação ao aterro sanitário convidou o vereador para visitar o local onde se encontra o lixão, sendo que o mesmo está prejudicando diversas pessoas.

8.jpg

Logo após, fez uso da palavra o segundo orador, Srª Vereadora Marta Maria informando que é lamentável a situação dos feirantes do município, informou que espera que o prefeito se sensibilize com a situação dos feirantes, afirmou que foi lamentável o que ocorreu com os moradores do Almeida Rocha os quais foram impedidos de entrar na câmara, informou que esteve com o gerente Daniel (responsável pelo programa das casas) e Deputada Goretti Reis, a mesma foi informada que já poderão ser entregues as  379, informou que o nome no SPC não impede de ser contemplado com a casa. Informou que há a necessidade de que o cadastro esteja pronto já que se passaram mais de um ano e meio. Em seguida comentou sobre a atual situação do centro dos idosos, informando que espera que a casa alugada para o funcionamento do Centro dos Idosos tenha estrutura ideal para os mesmos. Informou que espera que a Secretária faça entrega das casas que já se encontram regularizada.

Posteriormente, fez uso da palavra o terceiro orador inscrito, Sr. Vereador Fábio Frank o qual concedeu a parte ao   Vereador Josivan Rodrigues, este informou acerca da precariedade da iluminação da avenida principal da Colônia Treze, ressaltou 25 (vinte e cinco) postes estavam dando choque, informou que a Cercus está auxiliando mesmo não sendo de sua competência, solicitou apoio dos demais parlamentares para solucionar a questão. Retomando a fala, o  Sr. Vereador Fábio Frank informando que o gerente do banco do Brasil será entrevistado no dia de hoje , na rádio Juventude FM sobre a real condição cabível ao Banco do Brasil e que limita o poder municipal referente as moradias do João Almeida Rocha. Informou que não foi encontrado nenhum documento referente aos cadastros das moradias deixados pela gestão anterior, informou que um técnico da prefeitura fez um levantamento o qual localizou nomes e dados constantes no sistema. Diante da situação foi feito um TAC pelo ex-prefeito, porém não cumpriu o acordo. Informou que devido a irregularidades na estrutura dos apartamentos foi solicitado à construtora que solucionasse o problema, caso estivesse prontas e regular já teria sido entregue. A culpa não é da prefeitura, mas da construtora que não concluiu a obra. Em seguida, pediu desculpas pela informação equivocada que o mesmo prestou em sessão anterior referente ao centro dos idosos ter sido interditado pelo corpo de bombeiros.

Em relação a evasão de alunos na rede pública informou que em Lagarto houve superávit, em 2016 o ano foi concluído com 13.034 alunos na rede pública, em 2017 o ano foi concluído com 14.400 alunos. Parabenizou a secretária de educação Vanda Monteiro e o Prefeito pela competência em administrar.

6.jpg

Logo após, fez uso da palavra o quarto orador inscrito, Sr. Vereador Carlos Eduardo, pedindo desculpas a população do Treze e Juerama por ter tomado uma decisão que pode ser revista, a informação obtida é que a Adema já teria permitido o aterro, o mesmo informou que não acredita que um órgão desta competência permitiria algo prejudicial à comunidade.Posteriormente, comentou sobre a falta de iluminação pública na Colônia Treze, afirmou ser um absurdo uma empresa como a Cercus esperar pelo poder pública para fazer a manutenção de lâmpadas e usando de argumento de que está esperando aproximadamente 400 lâmpadas, afirmou ser um absurdo a atual situação.

2.jpg

Em seguida fez uso da palavra o quinto orador inscrito, Sr. Vereador Alexsandro  Carvalho, fez nota de pesar pela morte do Sr. Mirailton pelo seu falecimento no último final de semana. Posteriormente parabenizou o vereador Washington pela passagem de seu aniversário. Em seguida comentou sobre sua participação na romaria realizada no último final de semana, agradeceu e parabenizou a participação de todos. Logo após, comentou sobre requerimento que solicita antecipação da eleição do poder legislativo, solicitou aos demais parlamentares ressaltando que os 16 parlamentares não devem ficar submissos a realização da presidência após as eleições para deputado. Comentou sobre a questão referente ao aterro sanitário, informou que irá no local ver o acesso, analisar a situação. Informou que não foi feito o pagamento dos árbitros do campeonato do Açuzinho, o campeonato foi realizado em novembro, até o momento não foi feito o pagamento. entrará em contato com empresa não a eleição antecipada. Informou que o Centro de especializações não está tendo atendimento do neurologista. Em seguida foi lido e submetido à votação o requerimento nº 04/2018 de autoria do Vereador Alexsandro Carvalho Silva, tendo sido o mesmo aprovado. Logo após, fez uso da palavra o Vereador do município de Boquim, técnico ambiental do município de Lagarto, João Fontes explanando sobre a felicidade de ser servidor público da cidade de Lagarto, assim como a gratificação de ser vereador do município de Boquim, declarando também que é presidente do comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Piauí, parabenizando os representantes políticos presentes na sessão, sugeriu a criação de uma comissão parlamentar de Meio Ambiente e dos Direitos dos Animais e encerrou sua fala parabenizando o vereador Washington pelo seu aniversário. Nada mais havendo a ser tratado, o Sr. Presidente declarou encerrada a presente sessão convocando a próxima para o dia 01 de Março.