Projeto de Lei Complementar nº 02/2018 é discutido

por Admin — publicado 27/03/2018 15h00, última modificação 05/04/2018 15h29
Na ordem do dia de hoje, 27, foi submetido à discussão o Projeto de Lei Complementar nº 02/2018, do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre a implantação e operacionalização da Secretaria Municipal de Educação

O primeiro vereador a usar a tribuna, no pequeno expediente, foi Clayton Moore, comentando sobre sua indicação em que solicita troca lâmpadas convencionais por lâmpadas LED’s, das áreas urbanas do município, já que as LED’s são mais eficazes e econômicas.

1.jpg

O segundo inscrito, JC, informou que, segundo informações de um técnico da Câmara, já foram encaminhados os processos referentes à prestação de contas do ex-prefeito Zezé Rocha referentes aos anos de 2006 e 2007, informou que juntamente com o processo também está anexado a posição do relator.

O terceiro orador, Alexsandro Carvalho, parabenizou o Lagarto Futebol Clube pela vitória obtida no último sábado, no Barretão. Logo após, informou que realizará uma nota de repúdio ao Sr. Milton Dantas- Presidente da Federação Sergipana de Futebol, pela escolha da final ser no Batistão, questionou o motivo de não ter sido escolhida a cidade de Itabaiana. Em seguida, comentou sobre a falta de respeito do Governador Jackson Barreto e da assessoria do deputado federal Fábio Reis em não convidar os demais vereadores, aliados, prefeito e vice-prefeita para participar das inaugurações no município, no último final de semana.

Na ordem do dia, foi submetido à discussão o Projeto de Lei Complementar nº 02/2018, do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre a implantação e operacionalização da Secretaria Municipal de Educação. Em discussão, Fábio Frank informou que este projeto visa criar um CNPJ, tendo sua gestão plena e receber os recursos federais diretamente do Governo Federal. O vereador Clayton Moore informou que essa gestão plena prevista no projeto é semelhante à da Secretaria de Saúde. A vereadora Creusa do Oiteiros afirmou que seria bom que a sociedade fosse informada do projeto. Por sua vez, JC sugeriu que o Poder Executivo envie alguém para que seja esclarecido o disposto no projeto. Clayton Moore informou que os parlamentares ainda não foram convocados para participar dos debates acerca do plano de carreira dos servidores da Prefeitura Municipal. Respondendo, Fábio Frank informou que os parlamentares serão convidados para participar das audiências, quando submetidos à votação os parlamentares já estarão cientes do conteúdo da propositura.

Na sequência, foi submetido à discussão o projeto de Resolução nº 01/2018, de autoria de Fábio Frank, em que concede título de cidadania lagartense a Gleison Parente Pereira. Não havendo quem fizesse uso da discussão, foi o projeto de resolução submetido à votação, tendo sido aprovado.

A sessão teve seu término mais cedo, onde acatando a sugestão da parlamentar Marta da Dengue para que os colegas pudessem acompanhar o enterro de uma senhora conhecida no município.