Segunda Sessão de 2018 tem várias solicitações dos Parlamentares

por Administrador publicado 20/02/2018 15h00, última modificação 01/03/2018 15h30
No pequeno expediente, fez uso da palavra o primeiro orador inscrito, Sr. Vereador Josivaldo Alves, comentando sobre indicação que solicita revitalização da avenida João Alves Filho, tendo em vista a necessidade da população que faz atividade física no local. Em seguida comentou sobre indicação que solicita a construção de uma praça em frente ao posto Dr. Davi haja vista a necessidade da população, assim como amenizar a poeira e lama nos períodos do verão e inverno respectivamente.

12.jpg

Posteriormente, fez uso da palavra o segundo orador inscrito, Sr. Vereador Fábio Frank, informando que a Prefeitura municipal de Lagarto, em acordo com a Secretaria Municipal de Educação juntamente com os professores municipais, irá trazer ao Poder Legislativo projeto de lei do piso salarial 2018. Informou que é o segundo ano consecutivo que o executivo traz projeto de lei com esta finalidade.

4.jpg

Logo após, fez uso da palavra o Sr. Vereador José Jenilson, informando que foi apresentada na primeira sessão deste ano indicação que solicita a ampliação, por parte da Deso, do abastecimento da água do Povoado Tanque. Solicitou que os projetos não sejam enviados ao Poder Legislativo inesperadamente, tencionando maior atenção quando os mesmos forem submetidos à votação. Logo depois, disse que não sabia que o Sintese havia pedido a aposentadoria da Vereadora Creusa Maria, informação prestada pelo prefeito, na última sessão. 

10.jpg

Em seguida, fez uso da palavra a Srª Vereadora Creusa Maria, informando, em referência ao expressado pelo Vereador José Jenilson, que é um direito seu aposentar-se no tempo determinado e assim ocorrerá se a mesma compreender que não terá perdas com a ocorrência desta. Em relação ao cargo* de vereadora, informou que permanecerá até 2020, assim Deus permita, e que se o povo entender que a mesma merece retornar desta forma será. Finalizando a sua fala, parabenizou o prefeito pelo piso salarial a ser concedido.

6.jpg

Na ordem do dia, foi submetido à discussão o Projeto de Lei nº 92/2017, de autoria do Poder Executivo Municipal o qual autoriza o município de Lagarto, através do Poder Executivo, a proceder à outorga de concessão de direito real de uso da área pública que especifica.

Logo após, foi submetido à discussão o projeto de Lei nº 93/2017, de autoria do Poder Executivo Municipal o qual autoriza o município de Lagarto, através do Poder Executivo, a proceder à concessão administrativa de uso dos bens públicos que especifica.

No grande expediente, fez uso da palavra o primeiro orador inscrito, Sr. Vereador Josivaldo. Comentou sobre o projeto de lei de sua autoria, lido na última sessão, o qual institui o programa municipal de equoterapia. Informou que o curso feito em Brasília foi por conta própria, nada custeado pela câmara ou pelo município. À parte o Sr. Vereador Clayton Moore parabenizou pelo trabalho exercido pelo vereador, afirmou que o mesmo mereceu a qualificação obtida e que o mesmo merecia o apoio da casa. Comentou que o presidente não teve a mesma atitude que vereador Josivaldo, pois viajou, juntamente com alguns funcionários da casa, para Foz do Iguaçú e não compartilhou com os demais parlamentares a aprendizagem adquirida na viagem. À parte, o Sr. Vereador Fábio Frank parabenizou o Vereador Josivaldo pela propositura de grande importância no município.

Posteriormente, fez uso da palavra o segundo orador inscrito, Sr. Vereador José Jenilson informou não saber o motivo de tanto medo que alguns parlamentares possui quando o Prefeito comparece na casa. Ressaltou que gostaria de ter visto maior interação entre os parlamentares e o Prefeito na última sessão. Questionou o motivo pelo qual o vereador Josivaldo Alves não comentou na presença do prefeito questão relacionada ao IPTU. Comentou sobre o pedido feito pelo síntese ao prefeito municipal para que a Vereadora Creusa Maria fosse aposentada. Sugeriu que os parlamentares tenham independência nas votações, afirmando que em 2018 será uma grande oportunidade pra isso. Em seguida, comentou sobre escolas que serão fechadas, ressaltando a necessidade de que seja feito um trabalho que incentive os alunos a retornar às salas de aula. À parte, o Sr. Vereador Josivaldo Alves informou que procurou o Setor de tributos para esclarecer o valor do IPTU cobrado em sua residência, afirmou ter sido referente à revisão o valor cobrado, não sendo aumento do IPTU.

À parte o Sr. Vereador Clayton Moore afirmou que os imóveis do município não está sendo desvalorizado, mas com o valor real e que o aumento do IPTU foi um aumento traiçoeiro. À parte, fez uso da palavra a vereadora Creusa informando sobre a demissão de seu sobrinho ter sido em virtude do término do contrato. Afirmou que a comunidade necessita do retorno de um agente de saúde, independentemente de ser seu sobrinho ou não. Em relação ao comentário sobre a sua aposentadoria reafirmou que é um direito da mesma.

8.jpg

Posteriormente, fez uso da palavra o Sr. Vereador Gildásio Pereira, comentando sobre a situação do lixão, afirmou que o aterro sanitário da Juerama beneficiará a população. Comentou sobre as dificuldades para levar pessoas que fazem tratamento de saúde devido à falta de transporte e condições para auxiliar a população. Logo após comentou sobre o Dia do Louvor, dia comemorado na última gestão do Prefeito Valmir Monteiro. À parte, a Sr. Vereador Clayton Moore informou que o tempo não para, questionou a falta de agente de saúde na região da vereadora Creusa Maria e a falta de clínica de fisioterapia na Colônia Treze. Retomando a fala, o Sr. Vereador Gildásio Pereira comentou sobre a falta da prestação de serviço por parte da vivo, ressaltando que se soma com a população à procura de melhorias da prestação do serviço por parte da empresa citada. Em fala pessoal, o Sr. Vereador Fábio Frank informou que na semana passada o prefeito esteve com o secretário de saúde discutindo a possibilidade de reabertura da clínica de fisioterapia, ressaltou que hoje há duas clínicas de fisioterapia no município, em relação aos transportes informou que a situação está sendo resolvida.

Em seguida, fez uso da palavra a Srª Vereadora Marta Maria parabenizando a colega vereadora Creusa Maria afirmando que a mesma possui capacidade de permanecer sendo professora e Vereadora e que cabe a mesma decidir. Comentou sobre afirmação feita pelo Prefeito em sessão, o qual disse está preocupado com a saúde, porém a saúde se encontra em situação precária. Posteriormente, comentou sobre a necessidade de um carro para a DTTU, a qual vem realizando um bom serviço para a população, inclusive na segurança do município. Afirmou que cobrará solução do problema citado e solicitou que os demais cobrem também. Finalizando a sua fala, discorreu sobre o aumento do IPTU, afirmando que houve aumento mesmo tendo sido concedido o desconto.

5.jpg

Nada mais havendo a ser tratado, o Sr. Presidente declarou encerrada a presente sessão, convocando a próxima para o dia 22 de Fevereiro do corrente ano.